segunda-feira, 11 de julho de 2016

Ringo, 76

Há poucos dias Ringo Starr, o baterista dos Beatles, completou 76 anos de idade... quem diria! Ringo segue sendo um dos Beatles mais queridos pelos fãs, não apenas por causa de seu eterno complexo de vira-lata (ele sempre foi considerado um sortudo e o menos talentoso membro dos Beatles) como também por seu carisma. A imprensa internacional (em especial a inglesa) sempre dá destaque aos aniversários dos ex-beatles. Principalmente dos que ainda estão vivos. Ringo, apesar de ser um alcoólatra por anos e anos, conseguiu sobreviver e está aí para contar sua história. É um sobrevivente, vamos admitir

Entre as reportagens interessantes publicadas sobre Ringo Starr algumas me chamaram a atenção. Uma delas sobre uma nova biografia que está prestes a ser lançada na Inglaterra trazendo fatos inéditos de sua trajetória. A mais curiosa revela as razões do fim do primeiro casamento de Starr. Ele foi casado por dez anos com Maureen Cox. Juntos tiveram três filhos (Zek, Lee e Jason). Ela cuidava do cabelo de Ringo e o conhecia desde os tempos em que ele era baterista do grupo Rory Storm and the Hurricanes (o nome das bandas inglesas de Liverpool eram hilárias!).

Pois bem, certo dia a esposa de George Harrison pegou o marido Beatle na cama com Maureen, a esposa de Ringo! Sim, George traiu Ringo, dormindo com sua mulher! Imagine o escândalo! Nada nunca foi confirmado oficialmente, mas o fato é que Ringo a deixou logo após os boatos surgirem entre os amigos mais próximos do quarteto. Dizem que Brian Epstein, o empresário dos Beatles, abafou tudo para que a imprensa inglesa não explorasse as picantes histórias de alcova envolvendo os bastidores do grupo de Liverpool. Eu sabia que George havia sido traído pela esposa com Eric Clapton, mas não que ele havia traído o próprio colega de banda levando sua esposa para debaixo dos lençóis!

Outro fato divertido envolvendo o aniversário de Ringo veio de uma entrevista completamente nonsense que deu a uma publicação americana recentemente. Perguntado sobre o boato "Paul is Dead" (aquele mesmo que afirmava que Paul McCartney havia morrido em 1966, sendo substituído por um sósia chamado Billy Shears), Ringo confirmou tudo!!! Claro que foi um ato de puro besteirol, mas como os teóricos de conspiração adoram uma coisa desse tipo tudo acabou virando um tremendo carnaval, principalmente na internet. Pois é, mesmo perto dos 80 anos, Ringo ainda consegue inovar e mais do que tudo, divertir os fãs dos Beatles...

Pablo Aluísio. 

3 comentários:

  1. A uns meses atrás eu joguei numa loteria desta comemorativas, tipo Mega de São João, e que não acumulam e quando fui conferir descobri que acertar os seis números dava um premio de algo como 40 milhões de reais, quem acertasse cinco números dava 29 mil reais, quem acertasse quatro números dava 45 reais e, aí que vem o interessante, quem não acertasse NUNHUM número receberia 280 mil reais, ou seja, o total incompetente ganharia muito mais que os outros dois que rasparam em acertar os seis números. As vezes eu vejo o Ringo assim: como disse o John Lennon, ele não era o melhor baterista nem dos Beatles (O John achava o Paul melhor baterista que o Ringo) mas recebeu um grande premio entrando nos Beatles, justamente por ser absolutamente anódino e superou, em sucesso, gente muito melhor que ele em todos os sentidos.

    ResponderExcluir
  2. Acredito que sem o Ringo os Beatles teriam se separado bem mais cedo. Ele era o amenizador, o sujeito que soltava uma piada enquanto todos estavam brigando... por isso ele também exercia um papel muito importante naquele grupo, isso do ponto de vista psicológico. No mais ele era realmente um sortudo, talvez um dos músicos mais sortudos do mundo...

    ResponderExcluir