sábado, 8 de outubro de 2016

A Série Divergente - Insurgente

Título no Brasil: A Série Divergente - Insurgente
Título Original: Insurgent
Ano de Produção: 2015
País: Estados Unidos
Estúdio: Summit Entertainment
Direção: Robert Schwentke
Roteiro: Brian Duffield, Akiva Goldsman
Elenco: Shailene Woodley, Kate Winslet, Ansel Elgort, Theo James, Octavia Spencer, Zoë Kravitz
  
Sinopse:
Em um mundo dividido em facções para evitar novas guerras a jovem divergente Beatrice "Tris" Prior (Shailene Woodley) passa a ser perseguida pela poderosa Jeanine Matthews (Kate Winslet) que quer usar Tris como ferramenta para abrir um artefato que pertenceu aos fundadores. O tal objeto parece ter algo extremamente importante em seu interior, uma mensagem em forma de holograma, que trará inúmeras respostas para a humanidade. Filme indicado ao MTV Movie Awards e ao Teen Choice Awards.

Comentários:
Esse é o segundo filma da franquia "Divergente", baseada em uma série de livros de sucesso entre o público adolescente. O primeiro filme, que assisti em 2014, não me agradou muito. Como acontece com quase todas as adaptações literárias pude perceber vários problemas, inclusive a necessidade de se contar nos menores detalhes o universo onde as estórias se passavam, sem ter o tempo necessário para se fazer isso direito. Nunca li os livros escritos pela autora Veronica Roth, mas pelo que li e ouvi da opinião de fãs do material original tudo aqui ficou realmente mal adaptado, sem estrutura narrativa, com muitos erros, omissões e falhas de adaptação. Para quem acompanhou "Divergente" na literatura a coisa realmente pode parecer bem pior. No meu caso, como não estava muito interessado no material original, até posso dizer que esse segundo filme é bem mais interessante do que o primeiro. A coisa toda flui melhor e o roteiro me pareceu bem mais organizado e estruturado. Há um ciclo narrativo bem delimitado, com começo, meio e fim, sem tantas pontas soltas e inconclusivas como vimos no filme anterior. Também achei de bom gosto a produção. Em "Insurgente" capricharam mais nos efeitos especiais, criando uma bonita direção de arte. Provavelmente aprenderam com os erros que foram cometidos antes. A atriz Shailene Woodley é carismática, mas acredito que jamais chegará no nível de uma Jennifer Lawrence. Ela corre, pula, salta, briga e até tem espaço para algumas cenas levemente dramáticas. Deu conta do recado. Já a estrela Kate Winslet serve para emprestar seu nome para a produção, embora em termos de atuação também não tenha muito o que fazer. No geral não há muito mais a se extrair de um filme como esse porque ele essencialmente é um produto teen, com todas as limitações que esse tipo de mercado impõe. Não é algo indicado para maiores de 16 anos. Se não for o seu caso, aproveite, pois certamente vai se divertir.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

Um comentário:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.2

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir