domingo, 8 de maio de 2016

O Homem que Burlou a Máfia

Charley Varrick (Walter Matthau) e sua quadrilha decidem assaltar um pequeno banco de interior nos Estados Unidos. A intenção é roubar uma quantia razoável de dinheiro e partir para mais um novo assalto em outra cidade. Os planos porém ficam pelo meio do caminho. Dos quatro membros do bando dois são mortos em confronto com a polícia na fuga. Varrick porém percebe que se tiveram azar na execução no crime, por outro lado tiveram muita sorte em relação ao valor que conseguiram roubar: uma pequena fortuna, algo que nem mesmo eles estavam esperando. Quase um milhão de dólares em dois grandes sacos. O que eles não poderiam esperar era que todo aquele dinheiro pertenceria à máfia que logo coloca um assassino profissional, Molly (Joe Don Baker), na caça de Varrick e seu comparsa. O objetivo agora passa a ser outro: sobreviver ao cerco dos mafiosos.

Don Siegel era genial. Exagero? Basta conferir esse filme para entender como esse cineasta era talentoso. Ele conta com maestria a estória de um assalto a banco que acabou saindo muito do controle. O roteiro é muito bem escrito (baseado no romance policial de  John Reese). Praticamente não há mocinhos nesse enredo, mas apenas bandidos tentando passar a perna em outros bandidos. O protagonista Varrick é um mestre em se safar da piores armadilhas. Inicialmente ele desconfia que tal montante de dinheiro só poderia vir do mundo do crime pois o assalto que realizam foi feito numa pequena agência de interior, onde geralmente circula um pequeno valor em seus cofres. Por um ato de sorte eles assaltam o lugar logo no dia em que uma fortuna da máfia está por lá, pronto para ser enviada ao exterior numa típica manobra de lavagem de dinheiro. Agora é lutar para sobreviver pois com os mafiosos não existirá julgamento e nem negociação. Todos os envolvidos são caçados para serem mortos sem piedade. Varrick só conta assim com sua esperteza e sua capacidade de se sair das piores situações. Além de Siegel outro que merece todos os elogios é o ator Walter Matthau. Ele era aquele tipo de ator que conseguia se sair bem tanto em comédias, dramas ou filmes policiais como esse. Ao seu modo o velho Matthau também era um gênio, só que da atuação.

O Homem que Burlou a Máfia (Charley Varrick, EUA, 1973) Direção: Don Siegel / Roteiro: Howard Rodman, baseado no romance de Howard Rodman / Elenco: Walter Matthau, Joe Don Baker, Andrew Robinson, Felicia Farr, Woodrow Parfrey / Sinopse: Um bando de assaltantes de bancos assalta uma agência e rouba uma pequena fortuna, para sua completa surpresa pois eles não estavam esperando colocar as mãos em tanto dinheiro como aquele. Acontece que o dinheiro roubado pertenceria na verdade à Máfia que não definitivamente não deixaria barato aquele crime. Filme premiado no BAFTA Awards na categoria de Melhor Ator (Walter Matthau).

Pablo Aluísio.

3 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.5

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Eu assisti esse filme quando ainda era adolescente e me lembro até hoje. Você disse tudo sobre o Walter Matthau; o cara era assim "If you're looking for trouble, You came to the right place".

    ResponderExcluir
  3. King Creole. Matthau interpretava o mafioso Max Fields.

    ResponderExcluir