terça-feira, 14 de outubro de 2014

Além da Linha Vermelha

Título no Brasil: Além da Linha Vermelha
Título Original: The Thin Red Line
Ano de Produção: 1998
País: Estados Unidos
Estúdio: Twentieth Century Fox
Direção: Terrence Malick
Roteiro: Terrence Malick
Elenco: Jim Caviezel, Sean Penn, Nick Nolte, John Cusack, Adrien Brody, John C. Reilly, Woody Harrelson, Jared Leto, John Travolta, George Clooney

Sinopse:
Baseado na obra de James Jones, que vivenciou todas as experiências que narrou ao lutar na II Guerra Mundial no Pacífico Sul. No enredo temos um grupo de soldados americanos lutando contra tropas japoneses em ilhas disputadas pelas duas nações. Filme indicado aos Oscars de Melhor Filme, Direção, Roteiro, Fotografia, Edição, Som e Música. 

Comentários:
Eu costumo dizer que o cineasta Terrence Malick não é para qualquer um. Ele cria um cinema sensorial, baseado em sensações e não em narrativas convencionais. É o tipo de artista que precisa de um espectador mais preparado, tanto do ponto de vista filosófico como intelectual. Eu mesmo confesso que só absorvi completamente a arte produzida por Terrence Malick em uma fase mais madura de minha vida. Esse é o tipo de diretor que não fará sua cabeça caso você seja um mero adolescente comum ou uma pessoa sem muito background cultural. Esse "Além da Linha Vermelha" foi consagrado lá fora, mas aqui em nossas fronteiras houve quem considerasse o filme chato ou melancólico demais. Na verdade Malick não está interessado em contar uma história de guerra ao estilo tradicional. O cenário está posto, o conflito é o ponto de referência, porém o grande desafio do diretor é passar a sensação de medo, terror, perplexidade que viveram aqueles homens, isso sob um ponto de vista puramente subjetivo, calcado em sensações humanas reais. Imagine ser um jovem americano jogado no meio de ilhas perdidas no Pacífico para enfrentar guerreiros japoneses completamente fanatizados, prontos para morrer em nome de seu império e imperador, considerado por eles naquele momento histórico como uma verdadeira divindade na Terra. Em vista disso há cenas belíssimas, explorando por exemplo a verde relva das colinas sendo suavemente afagadas pelo vento do Oceano, enquanto tiros voam pelos ares. Coisa de um verdadeiro gênio da sétima arte, certamente. 

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

2 comentários:

  1. O Jim Caviezel está em uma serie que se chama Personal of Interest, está na quarta temporada é muito boa e ele da um show, junto a outro ator também muito bom da série Lost, o Michale Emerson. Vale a pena você conferir,

    ResponderExcluir
  2. Conheço essa série de nome, mas nunca assisti. Obrigado pela dica.

    ResponderExcluir