domingo, 18 de junho de 2017

Belas e Perseguidas

Título no Brasil: Belas e Perseguidas
Título Original: Hot Pursuit
Ano de Produção: 2015
País: Estados Unidos
Estúdio: New Line Cinema
Direção: Anne Fletcher
Roteiro: David Feeney, John Quaintance
Elenco: Reese Witherspoon, Sofía Vergara, Matthew Del Negro, Michael Mosley, Robert Kazinsky, Richard T. Jones

Sinopse:
A policial Rose Cooper (Reese Witherspoon) é designada para acompanhar a viagem de Daniella Riva (Sofía Vergara) e seu marido até o Texas. Eles vão depor contra um traficante de drogas, um chefão de um poderoso cartel mexicano. O que parecia ser uma missão de rotina acaba se transformando em uma aventura quando eles são atacados por membros da quadrilha do criminoso. 

Comentários:
Eu fico impressionado como a atriz Reese Witherspoon sai de um filme tão bom como "Livre" para uma porcaria como essa! Uma verdadeira montanha russa em sua filmografia, indo da extrema qualidade cinematográfica para o lixo absoluto de um filme para o outro! Onde está o agente dessa atriz? Esse "Belas e Perseguidas" não tem salvação. Hoje em dia está mais fácil encontrar político brasileiro honesto do que arranjar uma boa comédia americana para se assistir. De todos os gêneros cinematográficos da indústria de cinema dos Estados Unidos, o gênero comédia é o mais saturado, o que mais passa por crise. Não há bons comediantes na atualidade e os filmes de humor são péssimos, péssimos. Esse aqui não tem graça nenhuma. A dupla formada por Reese Witherspoon e Sofía Vergara não funciona em nenhum momento! A Sofia foi descoberta interpretando uma latina espalhafatosa e vulgar na série "Modern Family" e segue no mesmo estereótipo! É lamentável que o público americano tenha essa visão preconceituosa das mulheres latinas, sempre retratadas como burras, vulgares e bonecas de sexo em todos os filmes. Aqui a Vergara apenas reforça essa visão banalizada. Já a Reese Witherspoon é alvo de todos os tipos de piadas infames durante o filme, pena que nenhuma delas funcione. O roteiro é ridículo. E olha que o filme foi dirigido por uma mulher! As feministas não terão nem do que reclamar! É mais do que difícil entender como Reese, que vinha em um bom momento na carreira, aceitou fazer essa bomba! Enfim, uma comédia sem graça que não serve para absolutamente nada!

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

5 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★
    Elenco: ★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★
    Cotação Geral: ★
    Nota Geral: 3.3

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Obrigado meu caro, eu estava com vontade de ver esse filme e você me livrou duma bomba.

    Vou aproveitar e comentar outra coisa: você já reparou que nos últimos anos os sujeitos que fazem cover do Elvis estão cada dia mais perfeitos, principalmente se compararmos com aqueles bizarros que surgiram logo após a morte do rei como o Johnny Harra que era reputado como o melhor da época e, por isso, até trabalhou como duble do Elvis decadente, fisicamente, em "Elvis o Ídolo Imortal".
    Eu não sei se você já viu o Ben Portsmouth. Essa cara é uma possessão, não um imitador do Elvis. Pra você ter idéia do calibre da coisa ele é Inglês e venceu o “World Champion Elvis Tribute Artist” em Memphis e “Worldwide Ultimate Elvis Tribute Artist Contest”, também em Memphis, fora uns outros dez concursos do mesmo tipo. Já fez turnês pelo Brasil.
    O que será que está acontecendo pra essa gente estar melhorando assim?

    ResponderExcluir
  3. Os covers estão melhorando por causa da concorrência de mercado. Quem for mais próximo ao Elvis histórico ganha mais shows e assim o darwinismo vai fazendo sua seleção natural. rsrsrs

    Outro dia, por mero acaso, uma fã compartilhou um festival canadense de covers. Por mera curiosidade parei alguns minutos para assistir. Havia alguns realmente excelentes, embora os bizarros ainda tenham certo espaço, que a cada dia vai ficando menor.

    ResponderExcluir
  4. Sobre o filme do pôst, além de tudo acho que erraram no título em português. Deveria ser Belas "Perseguidas", se é que você me entende hahahahah...

    ResponderExcluir
  5. Sei muito bem. Em certas regiões do Brasil o termo "perseguida" é aquilo mesmo que todos estão pensando... Até nisso o filme é bizonho... rsrsrs

    ResponderExcluir