terça-feira, 2 de junho de 2015

Sem Direito a Resgate

Título no Brasil: Sem Direito a Resgate
Título Original: Life of Crime
Ano de Produção: 2013
País: Estados Unidos
Estúdio: Constantin Film
Direção: Daniel Schechter
Roteiro: Daniel Schechter, baseado no livro de Elmore Leonard
Elenco: Jennifer Aniston, Tim Robbins, Will Forte, John Hawkes, Isla Fisher, Mark Boone Junior, Yasiin Bey
  
Sinopse:
Um grupo de criminosos decide sequestrar Mickey Dawson (Jennifer Aniston), esposa do figurão do ramo imobilário Frank Dawson (Tim Robbins). Para libertar e poupar a vida dela pedem 1 milhão de dólares de resgate. O problema é que Frank definitivamente não parece muito disposto a pagar essa bolada, uma vez que já estava pensando em se divorciar dela para ficar com sua jovem amante, a ruivinha Melanie (Isla Fisher). Se Mickey sumisse de sua vida agora seria bem melhor para ele, que afinal de contas se livraria da pensão milionária que a esposa certamente lhe exigiria em caso de divórcio! E agora, o que os sequestradores farão para que seu plano criminoso venha a dar algum resultado?

Comentários:
Esse roteiro já circulava há muito tempo por Hollywood. Já estava tudo certo inclusive para que a atriz Diane Keaton interpretasse o papel de Mickey Dawson, mas depois de um tempo de pré-produção o projeto foi cancelado. De certa maneira o argumento lembra bastante outro filme chamado "Por Favor, Matem Minha Mulher" com Danny DeVito. Basicamente é a mesma situação, uma esposa é sequestrada e o marido quer mesmo é que ela suma de sua vida, desapareça! Assim os sequestradores estariam no fundo fazendo um favor para ele! Claro que em "Sem Direito a Resgate" as coisas não são tão escrachadas como naquela comédia dos anos 80, mas passa bem perto disso. Embora casados há muitos anos, Mickey e Frank só continuam unidos por interesses financeiros. Tanto um como o outro já não suporta mais a presença do cônjuge! Tudo acaba virando uma mera fachada para a sociedade, com muita hipocrisia e falsidade. Ele mantém uma amante jovem e bonitinha escondida em um quarto luxuoso de hotel à beira mar e a visita frequentemente. Também esconde seus negócios da mulher, criando com golpes e corrupção no mercado imobiliário uma polpuda poupança que vira alvo dos sequestradores. Ela, por sua vez, também mantém um flerte com outro homem casado, Marshall Taylor (Will Forte), um sujeito meio bobalhão, pai de uma família numerosa, que não está nada disposto a assumir seu caso extraconjugal publicamente. Em suma, o ápice da hipocrisia na sociedade! Por fora se mostram casados e felizes, por dentro se odeiam e só estão juntos por causa da grana. O enredo do filme se passa em 1978, o que dá margem para o surgimento de uma bela trilha sonora, além dos figurinos estranhos daquela época. Jennifer Aniston está muito atraente, apesar de sua personagem ser em essência apenas uma dona de casa frustrada e infeliz. Tim Robbins está muito diferente, com muitos quilos a mais e aparência bastante envelhecida, o que se mostra perfeito para seu papel. Outro destaque do elenco vem com o ator Mark Boone Junior (o Bobby Elvis da popular série "Sons of Anarchy"). Ele dá vida a um sujeito esquisito, adorador do nazismo, que topa emprestar sua casa para servir de cativeiro do sequestro. Então é basicamente isso, um bom filme, divertido, sem exageros e com boa reconstituição de época, que diverte e entretém de uma maneira bem amena. Vale a pena a curtição.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.


Um comentário:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.6

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir