sexta-feira, 5 de junho de 2015

Uma Promessa

Título no Brasil: Uma Promessa
Título Original: A Promise
Ano de Produção: 2013
País: França, Bélgica
Estúdio: Fidélité Films, Wild Bunch
Direção: Patrice Leconte
Roteiro: Patrice Leconte, Jérôme Tonnerre
Elenco: Rebecca Hall, Alan Rickman, Richard Madden
  
Sinopse:
Alemanha, 1912. Depois de passar por uma infância complicada, criado em orfanatos do Estado, finalmente o jovem Friedrich Zeitz (Richard Madden) consegue seu primeiro emprego. Engenheiro recém-formado, o melhor aluno de sua classe na universidade, ele começa a trabalhar na siderúrgica do rico industrial Karl Hoffmeister (Alan Rickman). Aos poucos Friedrich começa a se destacar dentro da empresa e cai nas graças de seu patrão que o transforma em seu secretário particular. Desfrutando da vida pessoal e doméstica do seu empregador, Friedrich conhece a jovem esposa dele, a bela Lotte Hoffmeister (Rebecca Hall). Começa assim a sentir um sentimento verdadeiro e também proibido em relação a ela. Filme vencedor do Beijing Film Festival na categoria de Melhor Ator Coadjuvante (Alan Rickman). Também indicado ao Magritte Awards.

Comentários:
Romance de época que conta um amor entre um jovem e aplicado empregado e a esposa de seu patrão. Poderia ser banal, mas o cineasta Patrice Leconte resolveu criar uma obra mais intimista e sofisticada. O amor entre uma mulher casada e um rapaz empregado de seu próprio marido poderia causar uma certa indignação no público mais conservador, porém o diretor foi inteligente o suficiente para nunca cair na vulgaridade ou no lado mais visceral desse tipo de romance, optando ao contrário disso por valorizar um outro lado, justamente o mais nobre, o do amor verdadeiro que o casal nutre entre si. Nada acontece antes de seu devido tempo. É uma obra que valoriza os pequenos momentos, os menores detalhes. A trama se desenvolve sem pressa e sem atropelos. Tudo de muito bom gosto. Em termos de elenco quem mais se destaca é o ator Alan Rickman. Ele interpreta esse velho industrial, já no fim de sua vida, que entende em seu íntimo as várias nuances de se manter um casamento com uma mulher bem mais jovem do que ele. No fundo sabe que seu relacionamento muito provavelmente não passe de uma união de pura conveniência financeira e econômica, que pouco tenha a ver com um sentimento real, verdadeiro. Ele é um bom homem, mas não consegue passar um calor mais humano e sentimental em relação à sua esposa e seu pequeno filho, que é apaixonado por brinquedos caros, como uma pequena ferrovia em miniatura. O roteiro dá uma pequena reviravolta em seu terço final, levando os apaixonados a serem separados por um oceano e pelo mais implacável opositor das grandes paixões, o tempo. Tudo como um teste de permanência e prova desse romance. Um filme que nos deixou bem satisfeitos pela lição que tenta passar ao espectador. Sua mensagem principal tenta afirmar que o verdadeiro amor resiste a praticamente tudo, desde que seja realmente sincero e profundo.

Pablo Aluísio e Thaís Albuquerque.


Um comentário:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.8

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir