terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Shakespeare Apaixonado

Título no Brasil: Shakespeare Apaixonado
Título Original: Shakespeare in Love
Ano de Produção: 1998
País: Estados Unidos
Estúdio: Universal Pictures
Direção: John Madden
Roteiro: Marc Norman, Tom Stoppard
Elenco: Gwyneth Paltrow, Joseph Fiennes, Geoffrey Rush, Tom Wilkinson, Judi Dench
  
Sinopse:
William Shakespeare (Joseph Fiennes) é um jovem escritor, ainda em busca de seu próprio espaço, que se apaixona pela linda e perfeita Viola De Lesseps (Gwyneth Paltrow) que passa a ser sua musa, fonte de inspiração para sua obra e arte. Completamente apaixonado ele vai finalmente entender que sua paixão simplesmente não basta para transformar seus sentimentos em uma bela história de amor.

Comentários:
Sempre achei muito superestimado esse filme. Em seu ano ele levou todos os grandes prêmios da Academia, inclusive melhor filme, melhor atriz (Gwyneth Paltrow), atriz coadjuvante (Judi Dench), roteiro, direção de arte, figurinos, etc... Um exagero! Quando o filme recebeu essa tonelada de prêmios cheguei a me animar e fui ao cinema conferir - imaginem a decepção! O que encontrei foi um filme pop, falsamente histórico, com um enredo piegas e meloso demais para se levar à sério. Pior do que isso, o filme falha miseravelmente onde não poderia falhar, pois a química entre Gwyneth Paltrow e Joseph Fiennes não existe, é zero! Como um romance pode se sustentar se o espectador não consegue se convencer que os personagens estão efetivamente apaixonados e enamorados, vivendo o amor de suas vidas? Absurdo! Aliás devo dizer que a atriz Gwyneth Paltrow sempre fracassou nesse tipo de papel. Ela tem uma personalidade fria, sem muito calor humano. Sua personagem, que deveria ser pura paixão, acaba sendo apenas pura frieza, com isso tudo desmorona. Claro que há uma bela produção desfilando em cena, com figurinos, reconstituição de época e tudo mais. Em termos de luxo nada falta - porém só isso não faz um grande filme. Tem que ter alma, paixão, romance... coisas que "Shakespeare in Love" definitivamente não tem para passar ao público.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

4 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★★
    Roteiro: ★★
    Cotação Geral: ★★
    Nota Geral: 6,6

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Seguindo a formula do Jack o Estripador, vamos por partes:

    A Gwyneth Paltrow foi superestimada desde o inicio graças a herança paterna e hoje já sabe que ser a Pepper Pots no Homem de Ferro é o seu auge.

    Um filme sobre Shakespeare não conseguir ser, justamente, romântico é o fim da picada.

    O ator principal, Joseph Fiennes, não deu em nada.

    A Judi Dench sempre merece um Oscar.

    O Oscar é o túmulo para certos filmes e atores. RIP.

    ResponderExcluir
  3. Adendo sobre Judi Dench: a mulher conseguiu se meter numa seara misógina que é o James Bond, a ainda por cima ser o M, ou seja, o chefe do 007 e a gente acreditava no personagem e até gostava. Não é pra qualquer atriz.

    ResponderExcluir
  4. Judi é uma das poucas coisas que valem a pena nesse filme que como frisei é frio, sem alma e sem coração. A Paltrow é uma dessas atrizes genéricas, mistura de gelo com loirice, que não deu muito certo! rsrsrs

    ResponderExcluir