sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Irresistível Paixão

Título no Brasil: Irresistível Paixão
Título Original: Out of Sight
Ano de Produção: 1998
País: Estados Unidos
Estúdio: Universal Pictures
Direção: Steven Soderbergh
Roteiro: Scott Frank
Elenco: George Clooney, Jennifer Lopez, Ving Rhames, Steve Zahn
  
Sinopse:
Baseado no romance policial escrito por Elmore Leonard, "Irresistível Paixão" conta a estória de Jack Foley (George Clooney). Ladrão profissional, ele é preso e condenado a cumprir pena em uma penitenciária de segurança máxima. Com inteligência acima da média consegue fugir do lugar, usando um veículo pertencente a uma agente do próprio FBI, a agente federal Karen Sisco (Jennifer Lopez). Em pouco tempo se apaixonam!

Comentários:
Esse filme foi muito superestimado pela crítica na época em que foi lançado a tal ponto que conseguiu arrancar duas indicações ao Oscar nas categorias de Melhor Roteiro Adaptado (Scott Frank) e Melhor Edição (Anne V. Coates). Na verdade o que temos é um filme bem mediano, beirando o ruim, que se apoio totalmente no carisma da dupla central de protagonistas. George Clooney, ainda procurando espaço no cinema após ser astro de TV, repete um tipo de personagem que seria recorrente em sua carreira. Cheio de charme canastrão ele tenta convencer no papel de um criminoso bonzinho! Já Jennifer Lopez continua na mesma, uma cantora que sempre tentou se tornar atriz, com altos e baixos no cinema. Aqui ela não convence em nada como agente federal. Ao invés disso desfila sua beleza pelas cenas (algo que sempre foi o grande chamariz dela em termos de bilheteria). No geral considero um filme fraco, apesar de ter sido dirigido pelo talentoso Steven Soderbergh. É um de seus primeiros filmes e bem inferior aos anteriores "Sexo, Mentiras e Videotape", "Kafka", "O Inventor de Ilusões" e "Obsessão". Ao tentar ser comercial e pop demais acabou perdendo parte de sua essência. Enfim, um produto descartável de um grande diretor de cinema.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

3 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★
    Cotação Geral: ★★
    Nota Geral: 6.5

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Elmore Leonard, se não me engano, é o mesmo de Be Cool, com o John Travolta. Bom, junte ele e o Steven Soderbergh e vamos ter tudo muito cool. Mas não aquele cool maravilhoso do Steve Mccqueen que nos força a ver e rever o bucólico Sete Homens e um Destino, ou o urbano, Crown O Magnifico, com o mesmo prazer. É um cool fake. Quando temos o John Travolta, que consegue ser cool até em Nos Tempos da Brilhantina, ainda se consegue um bom resultado com Be Cool, mas se no lugar estiver o comunistinha milionário George Clooney e a bunduda Jennifer Lopez o resultado é esse aí que você descreve. Filme superestimado em que os coadjuvantes (Ving Rhames, Don Cheadle, Dennis Farina, Catherine Keener, Steve Zahn e Albert Brooks; Michael Keaton e Samuel L. Jackson - não creditados)em papéis secundários, ou em pontas insignificantes, são mais interessantes que os protagonistas e a estória do filme inteiro. Oh gente besta que tem em Hollywood.

    ResponderExcluir
  3. Nem tudo que reluz é ouro. Esse George Clooney sempre foi um refinado canastrão (usando da expressão do meu amigo Telmo). Pior do que ele nos quesitos pretensão e egolatria só a Julia Roberts. E como você disse, realmente tem muita gente besta em HOllywood. rsrsrs

    ResponderExcluir