segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Song One

"Song One" é um pequeno filme, um drama romântico com trilha sonora indie que vai agradar aos mais jovens. A história é simples. Franny (Anne Hathaway) é uma garota americana que está no exterior pesquisando, para concluir seu doutorado. Um dia ela recebe um telefonema de sua mãe. Seu irmão mais jovem foi atropelado ao atravessar uma rua. Ele estava com fones de ouvidos e não viu quando um carro vinha em sua direção. O atropelamento foi grave. O jovem fica em coma, com poucas chances de recuperação. Franny assim decide voltar aos Estados Unidos para acompanhar sua recuperação. Ela então, por mera curiosidade, resolve seguir os últimos passos de seu irmão antes do acidente e acaba conhecendo um cantor, James Forester (Johnny Flynn). Não demora muito e ambos se descobrem apaixonados.

Apesar do tema envolvendo um jovem em coma e todo o drama que poderia vir daí, o roteiro procura seguir por um caminho mais leve, não procurando assumir tons melodramáticos demais. Assim o foco logo se desloca para o romance entre Franny e o cantor que ela conhece. Anne Hathaway com cabelos curtinhos está muito charmosa e carismática. Eu nunca a considerei bonita demais, porém aqui ela está realmente sedutora, com um charme mais ao estilo intelectual que acaba atraindo. O problema vem do seu partner romântico. O personagem do cantor James Forester é esquisito. Ele parece ser um sujeito sem jeito, algumas vezes adotando um tipo de comportamento um tanto quanto estranho. Fica complicado acreditar que ela está mesmo atraída por ele. No mais é um filme agradável, com ótima trilha sonora. Há espaço até mesmo para música brasileira, com uma versão divertida de "O Leãozinho" de Caetano Veloso. No final o roteiro abraça também um desfecho em aberto. Ideal para o público deslocado que é obviamente o alvo desse filme. Se for o seu caso, assista. Acredito que vai gostar.

Song One (Estados Unidos, 2014) Direção: Kate Barker-Froyland / Roteiro: Kate Barker-Froyland / Elenco: Anne Hathaway, Johnny Flynn, Mary Steenburgen / Sinopse: Franny (Anne Hathaway) é uma estudante de doutorado que decide voltar aos Estados Unidos após um atropelamento deixar seu jovem irmão em coma. Nesse retorno ela acaba se apaixonando por um cantor de música indie, James Forester (Johnny Flynn). Filme indicado ao grande prêmio do júri do Sundance Film Festival.

Pablo Aluísio.

3 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.2

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Pablo, eu, ao contrario de você, sempre achei a Anne Hathaway uma coisinha linda, porém, não gosto de filmes de dramas com pessoas doentes, portanto...

    ResponderExcluir
  3. Não que seja feia, nada disso, mas não tem os traços tão delicados que eu considero para achar uma mulher realmente linda...

    E sim, é um filme sobre gente doente, se não curtir o gênero não assista... você não vai gostar.

    ResponderExcluir