segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Sabotage

Título no Brasil: Ainda Sem Título Definido
Título Original: Sabotage
Ano de Produção: 2014
País: Estados Unidos
Estúdio: Universal Pictures
Direção: David Ayer
Roteiro: Skip Woods, David Ayer
Elenco: Arnold Schwarzenegger, Olivia Williams, Mireille Enos, Sam Worthington, Terrence Howard, Josh Holloway, Joe Manganiello, Max Martini, Kevin Vance

Sinopse:
John 'Breacher' Wharton (Arnold Schwarzenegger) é o líder de um esquadrão de elite do DEA (Departamento de combate ao narcotráfico nos Estados Unidos). Durante uma operação envolvendo a invasão de uma casa de um poderoso e rico cartel mexicano ele e seus homens resolvem roubar parte do dinheiro encontrado no local, algo em torno de dez milhões de dólares. Eles então escondem a quantia nos esgotos, mas depois que retornam lá para pegar todo o dinheiro de volta descobrem que ele simplesmente sumiu! Para piorar o DEA descobre o plano e todos os envolvidos acabam caindo na malha fina de uma pesada investigação a cargo da corregedoria. A questão porém permanece sobre quem realmente teria ficado com toda aquela fortuna...

Comentários:
Depois do retorno de Arnold Schwarzenegger ao cinema esse é sem dúvida o seu melhor filme. Um policial bem barra pesada que consegue mesclar elementos de seus antigos filmes (com muita ação e conflitos armados com armamento pesado) aliada a uma boa trama. Inicialmente o espectador fica um pouco surpreso com o personagem de Schwarzenegger, afinal ele sempre optou por interpretar papéis de homens íntegros e honestos (com algumas pequenas exceções, é claro). Aqui logo de cara ficamos sabemos que ele se envolveu em um plano para meter a mão no dinheiro sujo do narcotráfico mexicano. Quando a grana some e vários membros de sua equipe começam a surgirem mortos, ele começa a se mexer para descobrir tudo o que se esconde por baixo de todo esse jogo sujo. O filme tem excelentes sequências de invasão - afinal o enredo gira em torno de uma equipe de elite especializada justamente nesse tipo de operação. Pelo menos há três ótimas cenas envolvendo esse tipo de situação. De falso mesmo temos apenas a vã tentativa de incorporar um romance fajuto entre Arnoldão e a personagem investigadora da atriz  Olivia Williams! Tudo bem gratuito. Melhores mesmo são os cenários onde seus homens vão sendo encontrados, com mortes bem violentas e sombrias para quem curte esse tipo de coisa. O ator ainda não conseguiu um grande sucesso desde que deixou o partido republicano para retomar sua carreira, essa certamente pode ser uma boa chance. No geral é isso, boa diversão que não ofende a inteligência dos espectadores, provando que há sim vida inteligente nos filmes de ação.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário