quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

The Beatles - This Boy

Na foto os Beatles apresentam a canção "This Boy" em um show na França. É curioso, o grupo tinha tantas músicas em repertório, compunham tanto e em tão pouco tempo, que eles se davam ao luxo de deixar uma pequena obra prima dessas de lado, a lançando apenas discretamente como Lado B em um single. A canção foi composta ainda nos tempos de Hamburgo (afirmam alguns autores que ela foi criada apenas por John).

A letra é de uma singeleza absurda. Em primeira pessoa o narrador lamenta o fato de que a paixão de sua vida foi levada por outro garoto, aquele garoto que provavelmente a machucará. São três estrofes de apenas  três linhas e um refrão ainda mais simples (um garoto poderia ter composto essa letra, vamos convir), mas que ecoa maravilhosamente bem aos ouvidos por causa da sua linda melodia (que definitivamente apenas Lennon e McCartney poderiam ter composto, temos que admitir).

Após gravá-la em Abbey Road o produtor George Martin, soterrado por farto material do grupo (eles estavam no auge da criatividade), não sabia muito bem o que fazer com ela pois nem havia espaço suficiente para colocá-la no próximo álbum dos Beatles. Foi então que John Lennon sugeriu que a lançasse como Lado B da música que se tornaria grande sucesso das rádios,  "I Want to Hold Your Hand" (primeiro lugar nos EUA, a primeira dos Beatles a chegar no topo).

O single vendeu milhões de cópias, mas conforme o mercado fonográfico ia mudando (com o fim dos compactos) a canção praticamente desapareceu do mapa. Só a coletânea "Past Masters" lançada ainda nos tempos do vinil a reabilitou, deixando a música novamente acessível aos fãs do conjunto. Em tempos de internet, onde você pode ouvi-la a qualquer momento até mesmo no Youtube, fica complicado entender mesmo como era difícil arranjar uma canção como essa quando as lojas de discos só tinham à venda a discografia oficial de álbuns dos Beatles (onde ela não se encontrava). Ecos de um passado que (felizmente) não existe mais.

Pablo Aluísio.

Um comentário:

  1. Publicado originalmente no blog Music!
    Pablo Aluísio
    Todos os direitos reservados.

    ResponderExcluir