quinta-feira, 30 de julho de 2015

Lugares Escuros

Título no Brasil: Lugares Escuros
Título Original: Dark Places
Ano de Produção: 2015
País: Estados Unidos, França, Inglaterra
Estúdio: Exclusive Media Group
Direção: Gilles Paquet-Brenner
Roteiro: Gilles Paquet-Brenner, baseado na obra de Gillian Flynn
Elenco: Charlize Theron, Christina Hendricks, Chloë Grace Moretz, Tye Sheridan, Corey Stoll, Andrea Roth
  
Sinopse:
Libby Day (Charlize Theron) carrega consigo um passado terrível. Quando era apenas uma garotinha, seu irmão mais velho teria supostamente assassinado toda a sua família em um acesso de insanidade turbinada por um fanatismo criado em sua mente por uma seita satânica frequentada por jovens da região. Agora, mais de 30 anos depois da chacina, ela é procurada por um empresário que decide contratá-la para participar de uma convenção de fãs de crimes hediondos e infames (sim, eles existem em grande número nos EUA!). Precisando de dinheiro ela acaba aceitando o estranho convite. A reaproximação com seu passado mais uma vez lança uma carga emocional muito forte sobre Libby, ao mesmo tempo em que a leva rever todos os detalhes daquele crime. O que realmente teria acontecido na noite em que sua família foi brutalmente assassinada?

Comentários:
A mente tem lugares escuros e sombrios que não devem ser sondados. Em "Dark Places" temos uma pequena amostra sobre isso. Charlize Theron decidiu deixar todo o glamour de lado para investir nessa personagem, uma mulher que teve sua família (e sua vida) destruída quando seu irmão resolveu matar todos os seus familiares em uma noite de loucura quando ela era apenas uma criança. Preso e condenado a mais de 30 anos de prisão, o assassino agora precisa rever seu próprio passado com a ajuda de sua irmã, algo que vai desvendar aspectos do passado que deveriam ficar nas sombras. É interessante perceber que de alguma maneira Charlize Theron criou uma identificação com sua personagem Libby. Recentemente ela confessou em uma sincera entrevista que sofre há muitos anos de um transtorno obsessivo-compulsivo causado por uma tragédia em sua juventude quando presenciou sua mãe matando seu próprio pai. O sujeito era um alcoólatra que maltratava sua esposa e filhas. Uma noite chegou em casa violento e quis matar as crianças, sem outra alternativa a mãe de Charlize assassinou seu pai na frente delas. Um triste retrato de violência doméstica. Claro que um acontecimento tão violento acaba criando um trauma para o resto da vida, algo muito complicado de se superar. Assim é óbvio que o roteiro desse filme criou um vínculo imediato com a própria vida da atriz, que acabou encontrando em sua história uma forma de redenção pessoal, uma maneira de enterrar para sempre esses fantasmas do passado. Dito isso, o que há de mais interessante nessa produção é a tentativa de Libby (Theron) em reconstruir todos os detalhes do crime, para assim chegar a um conclusão mais definitiva sobre quem realmente teria apertado o gatilho contra sua mãe e suas irmãs. Devo dizer que o caminho até a descoberta de todos os eventos é muito interessante, porém o desfecho e o clímax não me convenceu muito. A sensação que ficou foi a de que a autora Gillian Flynn, que escreveu o livro que deu origem ao filme, se perdeu um pouco, criando uma situação forçada que definitivamente não me pareceu muito verossímil. Mesmo com esse deslize no final o filme vale a pena, seja pelo suspense, seja pela corajosa atitude de Charlize Theron em encarar uma história que tem muito a ver com seu próprio passado. A coragem dela acaba sendo assim o grande motivo para assistir a esse "Lugares Escuros".

Pablo Aluísio.

Um comentário:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.4

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir