quarta-feira, 10 de setembro de 2014

The Possession of Michael King

Título no Brasil: Ainda Sem Título Definido
Título Original: The Possession of Michael King
Ano de Produção: 2014
País: Estados Unidos
Estúdio: Anchor Bay Films
Direção: David Jung
Roteiro: David Jung
Elenco: Shane Johnson, Ella Anderson, Cara Pifko

Sinopse:
Após a morte de sua esposa, Michael King (Shane Johnson) que nunca foi um homem religioso decide desmascarar todas as religiões, crenças e doutrinas espirituais que pregam a existência de um outro mundo, de natureza sobrenatural. Assim ele começa a gravar um documentário onde entrevista bruxas, membros de seitas satânicas e coisas do tipo. O problema é que após um dos rituais de que participa ele começa a sentir que algo muito estranho está acontecendo com sua mente e o seu mundo ao redor.

Comentários:
Assim que o filme começou e percebi que era mais um terror com a estética mockumentary (falso documentário) fiquei bem desanimado. Para minha sorte porém o roteiro e sua trama foi me envolvendo cada vez mais a ponto de no final das contas gostar do resultado. De certo modo não foge muito do esquema padrão que anda acompanhando muitos filmes de terror recentes, mas consegue dar a volta por cima por causa do tema curioso mostrando um ateu querendo desmascarar as crenças dos outros e se dando muito mal no processo. Palmas para o ator Shane Johnson que consegue com grande desenvoltura interpretar um personagem que começa a ser possuído aos poucos por uma entidade demoníaca. O único deslize da fita como um todo é a velha mania de tentar dar sustos no espectador ao invés de criar um verdadeiro clima de suspense. Assim prepare o coração - e os ouvidos - para os efeitos sonoros que de repente vão explodir nas caixas de som. Fora isso todo o resto convence e diverte, dos efeitos especiais aos momentos de possessão. Um terrorzão dos bons para lembrar dos bons tempos de "O Exorcista", embora é claro não se possa sequer comparar ambos os filmes. Uma boa cartilha para os neo ateus que infestam as redes sociais na internet.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

Um comentário:

  1. Publicado originalmente no blog Terror & Ficção
    Pablo Aluísio
    Todos os direitos reservados.

    ResponderExcluir