segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Minions

Título no Brasil: Minions
Título Original: Minions
Ano de Produção: 2015
País: Estados Unidos
Estúdio: Illumination Entertainment
Direção: Kyle Balda, Pierre Coffin
Roteiro: Brian Lynch
Elenco: Sandra Bullock, Jon Hamm, Michael Keaton, Geoffrey Rush
  
Sinopse:
Os Minions estão na Terra desde o começo da história do planeta. Assim eles surgem na era dos grandes dinossauros, no surgimento do grande Egito Antigo e até mesmo nas guerras Napoleônicas. Agora, tristes e isolados numa região ártica, três minions, Bob, Kevin e Stuart resolvem ir embora atrás de um novo vilão para seguirem. Na viagem acabam parando na Nova Iorque dos anos 60 e lá descobrem que está para ser realizada uma grande convenção de vilões do mundo inteiro em Orlando. Sem pensarem muito, embarcam em uma nova aventura e ficam fascinados pela vilã inglesa Scarlet Overkill. Ela parece ser justamente tudo aquilo que procuravam! 

Comentários:
Essa animação existe por motivos puramente comerciais. Depois do sucesso dos dois filmes da franquia "Meu Malvado Favorito" os produtores descobriram que os Minions eram um sucesso e tanto no mundo de brinquedos e produtos em geral para o público infantil. Estampando todos os tipos de bugigangas e mercadorias eles se tornaram mais rentáveis do que os próprios filmes onde eram meros coadjuvantes. Diante do sucesso era de se esperar que eles ganhassem seu próprio filme solo mais cedo ou mais tarde. Na minha opinião não foi uma boa ideia já que as simpáticas e carismáticas criaturinhas não conseguem levar um filme inteiro sozinhos. Eles funcionam muito bem em pequenas sequências divertidas, mas quando ficam o tempo todo em evidência logo surge o cansaço por parte do espectador. O roteiro assim se resume a uma sucessão de gags, algumas divertidas e outras nem tanto. Como os minions não vivem sem seguir algum vilão os roteiristas tiveram que inventar uma, versão feminina e inglesa, chamada Scarlet Overkill (que na versão original ganhou a voz da atriz Sandra Bullock). Usando a própria Inglaterra como cenário a traminha é frouxa e sem muitos atrativos, principalmente para o público alvo da fita que é justamente das crianças com menos de dez anos de idade. Há referências do mundo pop que até soam divertidas como a que envolve os Beatles e a capa do álbum Abbey Road, porém os pequeninos certamente não entenderão esse tipo de piada. A trilha sonora traz vários clássicos do rock dos anos 60 (a estorinha se passa nessa época) e assim somos surpreendidos com o som de grupos como The Doors, por exemplo. Infelizmente nada disso melhora o resultado final, que é bem pálido e descartável mesmo. Apenas o interesse em faturar muito no mercado infantil justifica realmente a existência desse filme, todo o resto é sem maior interesse.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

Um comentário:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★
    Cotação Geral: ★★
    Nota Geral: 6.2

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir