quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Cavalos Domados

Título no Brasil: Cavalos Domados
Título Original: Broken Horses
Ano de Produção: 2015
País: Estados Unidos
Estúdio: Reliance Entertainment
Direção: Vidhu Vinod Chopra
Roteiro: Vidhu Vinod Chopra, Abhijat Joshi
Elenco: Anton Yelchin, Chris Marquette, Vincent D'Onofrio, María Valverde, Sean Patrick Flanery
  
Sinopse:
O filme narra a história de dois irmãos, Buddy (Chris Marquette) e Jacob (Anton Yelchin). Quando eram apenas garotos eles viram seu pai, o xerife da cidade, ser assassinado de forma covarde. Com o passar dos anos a vida deles tomam rumos diferentes. Jacob vai embora para Nova Iorque tentar vencer na carreira de músico que abraçou. Buddy fica na mesma cidadezinha onde nasceu. Extremamente habilidoso no manejo de armas de fogo, acaba se tornando assassino profissional da quadrilha chefiada por Julius Hench (Vincent D'Onofrio). Depois de oito anos sem se verem pessoalmente Jacob resolve retornar para reencontrar o irmão. Ele quer que ele seja seu padrinho de casamento. O que encontra porém é muito mais complicado de se lidar do que seu próprio passado.

Comentários:
Pela sinopse dá para perceber que o enredo é interessante. Geralmente roteiros assim, que exploram a vida de irmãos que em determinado momento caminham por jornadas diferentes, costumam ser bons. Jacob (Yelchin) trilha o caminho do estudo e se torna um dedicado músico. Violinista talentoso, ele almeja entrar um dia na prestigiada Filarmônica de Nova Iorque. Caso consiga realizar seu sonho planeja também se casar com sua namorada de longa data. Já Buddy (Marquette) ficou para trás. Ele ainda mora na mesma cidadezinha onde nasceu. No passado acabou entrando para o mundo do crime ao se vingar da morte do pai, um policial honesto. Depois do primeiro crime não parou mais e acabou sendo "adotado" pelo chefão mafioso Hench (D'Onofrio). Quando essas duas realidades tão diversas se reencontram após tantos anos as velhas feridas do passado são abertas. Poderia ser um bom drama e com tanto potencial na história poderia certamente render um belo filme. O diretor Vidhu Vinod Chopra porém optou por uma linguagem quase Tarantinesca. O problema é que ele não tem cacife para tanto. Ao invés de contar a trama dos irmãos de forma mais convencional, ele acabou adotando uma narrativa mais fragmentada, com doses de nonsense e absurdo que só atrapalham o resultado final. O que mais incomoda é a forma como leva e desenvolve o personagem de Buddy, o irmão mais velho. Ele não parece ter o juízo no lugar, agindo de forma abobalhada e em muitos aspectos até mesmo infantilóide. Embora Jacob seja bem desenvolvido, na forma de ser e agir, o comportamento estranho e bizarro de Buddy quase coloca tudo a perder. O roteiro não deixa claro em nenhum momento se Buddy tem algum tipo de retardo mental e isso compromete todo o enredo. Dessa maneira "Cavalos Domados" deve ser apreciado com reservas. Não é Tarantino e nem tampouco maravilhoso. No fundo é aquele tipo de filme que você sai com a sensação de que tinha potencial de verdade, mas que foi desperdiçado com ideias e escolhas ruins. 

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

Um comentário:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★
    Cotação Geral: ★★
    Nota Geral: 6.2

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir