sexta-feira, 8 de julho de 2016

Uma Caminhada na Floresta

Título no Brasil: Uma Caminhada na Floresta
Título Original: A Walk in the Woods
Ano de Produção: 2015
País: Estados Unidos
Estúdio: Route One Entertainment
Direção: Ken Kwapis
Roteiro: Michael Arndt, Bill Holderman
Elenco: Robert Redford, Nick Nolte, Emma Thompson, Mary Steenburgen
  
Sinopse:
Bill Bryson (Robert Redford) é um escritor consagrado especializado em escrever livros sobre viagens. Durante uma entrevista para a TV ele é perguntado porque escreveu tantos livros sobre quase todos os lugares do mundo e não sobre o seu próprio país, os Estados Unidos. Isso acaba o deixando sem resposta. Depois de um tempo refletindo sobre isso ele resolve então colocar em prática um novo objetivo: fazer a trilha conhecida como Appalachian Trail, de quase 4 mil km, cruzando grande do monte dos Apalaches, indo da Georgia ao Maine. Para isso convida vários amigos e conhecidos, mas todos eles acabam recusando o convite. Apenas um velho conhecido, Stephen Katz (Nick Nolte), aceita o desafio! Assim ambos partem rumo a uma jornada longa e cheia de surpresas. Filme indicado prêmio da Georgia Film Critics Association.

Comentários:
Mesmo perto de completar 80 anos de idade (agora em agosto próximo) o ator Robert Redford se recusa a se aposentar. Segundo ele próprio afirmou em recente entrevista gostaria de fazer filmes até o fim de seus dias. Bom para os cinéfilos que sempre acompanharam sua carreira. O interessante é que Redford tem feito bons filmes ultimamente, algo que não se pode dizer de muitos de seus colegas de geração. Esse "A Walk in the Woods", por exemplo, é bem agradável. Com toques leves de humor (embora não seja necessariamente uma comédia), o filme acompanha a tentativa de dois homens da meia idade que tentam vencer a trilha dos Apalaches, algo que até muitos jovens desistem por causa das longas distâncias e dos desafios que se precisam superar durante a penosa viagem. Ao seu lado Redford conta com um ótimo elenco de veteranos, como Emma Thompson (que interpreta sua preocupada esposa Catherine), Mary Steenburgen (como uma simpática dono de hotel para viajantes) e é claro Nick Nolte (funcionando como alívio cômico pois interpreta um velho aventureiro cansado depois de tantos anos, mas ainda se envolvendo em confusões pelo meio meio do caminho). O diretor Ken Kwapis é mais conhecido por suas comédias românticas (como "Ele Não Está Tão a Fim de Você" e "Licença para Casar") e já tinha rodado um pequeno documentário com tema parecido para a TV. Por essa razão foi escolhido por Robert Redford para a direção. No geral é um filme simpático, leve, com muita natureza e que me fez lembrar até mesmo de uma recente produção estrelada por Reese Witherspoon chamada "Livre". A única diferença entre os dois filmes é que no de Reese a temática era mais dramática, como uma jornada em busca de si mesma, enquanto que o filme de Redford é bem mais modesto em suas pretensões cinematográficas, apostando em uma linha mais divertida, amena. Mesmo assim se trata realmente de um bom entretenimento. Assim deixo a recomendação para os fãs do veterano Robert Redford conferirem mais esse filme de sua safra recente.

Pablo Aluísio.

2 comentários:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.2

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir
  2. Pablo: deixei mais dois pitacos: no Batman x Superman e no Elvis Las Vegas 1970.

    ResponderExcluir