quarta-feira, 1 de julho de 2015

Mr. Jones

Título no Brasil: Mr. Jones
Título Original: Mr. Jones
Ano de Produção: 2013
País: Estados Unidos
Estúdio: Anchor Bay Films
Direção: Karl Mueller
Roteiro: Karl Mueller
Elenco: Jon Foster, Sarah Jones, Mark Steger
  
Sinopse:
Um jovem casal decide ir para uma cabana no meio da floresta. Lá eles pretendem revitalizar o relacionamento ao mesmo tempo em que Scott (Jon Foster), o marido, pretende rodar um documentário sobre a natureza. Eventualmente acabam esbarrando em uma figura estranha, um homem que vive isolado no meio da mata, sem contato com ninguém há anos. Penny (Sarah Jones) acaba descobrindo ser Mr. Jones, um nome bem conhecido no mundo das artes em Nova Iorque. Há anos ele havia enviado suas peças (na verdade espantalhos criados com objetivos desconhecidos) para várias pessoas ao redor do mundo e essas esculturas acabaram sendo reconhecidas como grandes obras de arte. Mas a dúvida sempre permaneceu na mente de todos: afinal quem seria mesmo esse misterioso Mr. Jones?

Comentários:
Filme de terror que procura seguir a estética do sucesso "A Bruxa de Blair". Claro que esse estilo de filme já aborreceu muita gente, mas podem ficar mais tranquilos pois "Mr. Jones" não é tão intencionalmente mal filmado como esse "clássico" que acabou dando origem ao subgênero Mockumentary. O roteiro não me surpreendeu muito, a não ser nos vinte minutos finais quando ele dá uma guinada e joga todos os personagens em um verdadeiro mundo de delírios e pesadelos, isso literalmente falando. Se você é daquele tipo de espectador que gosta de ter tudo explicadinho, certamente vai ficar desapontado com esse roteiro, pois na realidade ele não parece estar preocupado em decifrar muita coisa. Depois que o filme termina o público terá que catar pequenas pistas que são dadas ao longo da duração para montar seu próprio painel explicativo sobre tudo o que assistiu. O estreante diretor Karl Mueller merece, pelo menos pela coragem, algum tipo de elogio por ter escolhido ir por esse caminho. Em termos de elenco o destaque vai para a atriz Sarah Jones no papel de Penny. Eu sempre gostei muito do trabalho dela, principalmente em séries como "Vegas", "Alcatraz" e "Justified". Aqui ela surge mais bonitinha do que nunca, o que ajudou bastante a passar o tempo enquanto as coisas não ficavam muito claras. No final das contas ela acaba sendo mesmo o grande atrativo para conferir mais essa fita de terror.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.


Um comentário:

  1. Publicado originalmente no blog Terror & Ficção
    Pablo Aluísio
    Todos os direitos reservados.

    ResponderExcluir